Sobre o fim do terceirão

Minha vida de ensino médio acabou. Lembrar do esforço é definitivamente a única parte ruim. O resto, já me dá saudade.

Em um futuro perfeito…

"Eu não pertenço a esse lugar." disse uma menina de 7 anos em meio a um dia de sol à minha mãe.

Fotos perdidas, histórias que jamais serão esquecidas.

4 dias de folga da internet, da rotina, da vaidade. 4 dias de frente pro mar, sem problemas, sem modernidade.

Um simples pôr do Sol

Hoje eu saí para ver o sol se pôr. Fiquei alguns minutos sentada no chão com a minha irmã apenas olhando o céu. Se estava lindo? Muito. Mil vezes mais bonito que uma foto. Foi um momento simples do dia, mas me fez completamente mais feliz. E nisso eu pensei na minha mãe que estava… Continue lendo Um simples pôr do Sol

O amanhã não tem fim.

Gosto de rabiscar cadernos. Escrever frases sem significado algum, encontrar graça em poemas tristes, sentir as emoções de uma música. Chorar com filmes felizes, rir de pequenas ironias, observar a repetição dos acontecimentos universais, analisar e talvez até julgar as ações humanas. No fim de tudo, somos todos irracionais. Egoístas o suficiente para achar que… Continue lendo O amanhã não tem fim.

Minha miniatura

Faz oito anos que eu deixei de ser uma criança, e me tornei a irmã mais velha. Faz oito anos que eu convivo com um ser exatamente igual a mim em aparência, mas totalmente o contrário em personalidade. Eu queria vermelho, ela quer azul. Eu queria tocar guitarra, ela quer tocar piano. Eu queria tirar… Continue lendo Minha miniatura

Um abismo de coisas iguais

Algumas pessoas nasceram para se sentirem prestativas. Elas precisam resolver os problemas da maneira mais rápida possível. Tanto faz se esses problemas são sérios ou não. Tanto faz se forem deles ou de outros. Tanto faz se no fim não tiverem importância. Na cabeça dessas pessoas, eles tem que ser resolvidos. Existem também aqueles que não… Continue lendo Um abismo de coisas iguais