Uma mulher da noite

Sou uma mulher da noite, mas não a que você conhece. Os vestidos curtos, lindos e desconfortáveis, que imploram por uma semana de alimentação leve; os sapatos lindos que deixam calos do tornozelo até as pontas dos dedos; as bolsas que mal cabem os documentos mas esbanjam brilho, permanecem no armário sempre que possível. As… Continue lendo Uma mulher da noite