Caminhos de estrelas

As vezes acordo no meio da noite e imagino como seria se eu pudesse ter outra vida. Outras pessoas, outros lugares para visitar, outros hábitos. Um mundo novo todo meu.
Um eu novo também. Mas como seria? O que adicionaria e o que eu tiraria desse meu atual mundo, para transforma-lo em outro diferente? Não apenas melhorado, diferente.
E nesse momento eu percebo que jamais gostaria de um mundo diferente, pois gosto de ser quem sou. E é esse meu mundo que me fez ser eu.
“Diga-me com quem andas que direi quem tu és” foi o que minha mãe sempre me alertou. Mas a frase está incompleta. Não é apenas com quem eu ando que me define. É também por onde ando e como ando.
E nesse momento, eu ando por um chão de estrelas entre os caminhos dos meus sonhos. Cada vez chegando mais perto do fim, tomando curvas e fazendo meia-voltas, andando em círculos porém sempre seguindo em frente. Quem sabe um dia eu chegue em algum novo lugar. Ou então apenas continue por aqui, com pessoas novas e meios novos de andar.
Nesse planeta tão pequeno mas ao mesmo tempo tão grande, 7 bilhões de pessoas com seus próprios mundos, formando um só. Caminhos se entrelaçando, ruas de apenas uma via se juntando a outras e formando uma grande rodovia. Filas e filas de espera para realizar aquilo que devia ser feito agora.
Somos todos diferentes, porém funcionamos do mesmo jeito. Movidos pelos sonhos, ou pela falta deles. Construindo nossos mundinhos sobre um mesmo chão de estrelas.

Anúncios

2 comentários sobre “Caminhos de estrelas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s