Avril Lavigne no Rio

Depois de um dia inteiro na praia, finalmente chegou a hora tão esperada! Só pra aumentar minha ansiedade, a fila pra entrar no show da Avril Lavigne estava GIGANTE. E o segurança avisando que íamos acabar entrando junto com a banda não ajudou muito. Mas tudo ficou perfeito quando a galera gritou e se esmagou pra chegar mais perto daquela pequena pessoa em cima do palco.
20140503-231552.jpg
Quando essa loirinha subiu no palco com orelhas de gatinho e uma saia com Hello Kitties, cantando Hello Kitty, eu ainda não acreditava que estava realmente ali. Mas depois de Girlfriend, comecei a perceber que aquilo estava mesmo acontecendo.
Ela saiu e voltou cantando Rock N’ Roll, e se a galera não tava tao animada antes, com certeza ficou!
Cantou Smile e logo após disse que nós, brasileiros, éramos a razão pela qual ela sorria, awn, que fofa. Continuou com I Always Get What I Want, tirou um pausa pra trocar de roupa e cantou Give You What You Like, When You’re Gone, Nobody’s Home, I’m With You, e acho que My Happy Ending, mas não tenho certeza a ordem certinha. Eu estava meio ocupada demais me esgoelando pra prestar atenção nisso.
20140504-000216.jpg
E na melhor parte do show ela apareceu assim, com chifres e toda de preto, awn ❤ Entrou cantando Bad Girl, e depois a melhor música de todos os tempos: He Wasn't, seguida de Sk8ter Boi, que está em segundo lugar na minha lista de melhores músicas.
20140504-001127.jpg
Depois disso ela saiu, e o público ficou pedindo “Complicated” e “Let Me Go”, até o momento de um tufo de cabelo amarelo reaparecer na bateria, tocando Song 2, e depois se apossou do microfone de novo pra finalizar lindamente com What The Hell e Complicated, que foi quando fotos dela antiga e atualmente, junto com alguns pedaços de seus clipes, começaram a aparecer no telão, e a menina do meu lado começou a chorar desesperadamente. Acredito que muita gente devia estar naquele estado também. Eu tava tão feliz que não consegui nem pensar em chorar, mas fiz isso logo depois que entrei no taxi pra voltar ao hotel.
Realizei um dos meus maiores sonhos, e aconselho a todos tentar fazer o mesmo. Ainda não acredito que realmente fui no show, por mais que a falta de memória do meu celular fique me lembrando disso o tempo todo. É bem difícil de explicar como eu me senti lá e como me sinto agora, mas é algo parecido com sonhar, realmente. Ah, se eu estou sonhando, por favor, que não me acordem nunca mais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s