O Caçador de Pipas

Durante em torno de duas semanas eu praticamente vivi no Afeganistão, apenas lendo o livro. E, meu deus, como amo o Brasil agora.

Tudo começa com a amizade aparentemente bonita entre Amir e, seu empregado, Hassan. Dois meninos que moram no mesmo terreno, se veem todos os dias e têm vidas totalmente diferentes. As tragédias que acontecem com esses dois me deixaram aterrorizada por dias. Mas foi um bom aprendizado.

Certo dia Amir toma uma decisão errada, movido pelo egoísmo e covardia, e acaba penalizando toda sua vida e a de Hassan. E nesse momento que eu vi como as pessoas só pensam em si mesmas. Pelo menos Amir teve a decência de notar que tudo poderia ter sido diferente se, durante aqueles minutos horríveis, ele tivesse feito algo além de pensar no típico argumento “antes ele do que eu” como justificativa pelos seus atos.

Anos depois, já adulto, ele tem a chance, não de desfazer o erro, mas de compensa-lo. Larga, por tempo indeterminado, sua vida segura e comum nos Estados Unidos e volta ao Afeganistão, reencontra pessoas importantes e finalmente consegue superar aquela antiga tragédia. Mas também, passa por outra situação difícil para provar sua coragem e se realmente aprendeu alguma coisa com o erro passado. Na minha opinião, ele conseguiu, na medida do possível.

É difícil dizer se eu gostei do livro, por ser tão diferente dos que eu costumo ler, mas de uma forma diferente eu fiquei impressionada e satisfeita. Não teve um final daqueles super felizes e fora da realidade. Na verdade, o livro todo é assim, bem realístico. Gostei disso nele. Mas não decidi ainda se gosto de livros assim, tão… tristes. A realidade é triste, e eu geralmente leio para fugir dela.

Ler “O Caçador de Pipas” é quase como levar um tapa na cara bem merecido. Mas, em certos momentos, é também dar um tapa na cara, daqueles de deixar marcas.

Um comentário sobre “O Caçador de Pipas

  1. Janah disse:

    Adorei sua opinião, também me senti triste qdo li ” A cidade do sol”, vivemos uma realidade muito diferente, e num país maravilhoso, com alguns Pequenos problemas, mas somos privilegiados! É surpreendente ver vc mudando de idéias e se tornando um pouquinho patriota! Orgulho da Mami te amo, e o texto esta ótimo, como sempre!!!! Beijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s