3 Dias na Cidade dos meus Sonhos

Eu estaria mentindo se dissesse que não fiquei emocionada ao encontrar a Tour Eiffel pela primeira vez. Foi um susto. Avistei-a de dentro do ônibus e a emoção da cidade logo me contagiou. Paris é realmente um sonho. Cada esquina é linda e até os croissants parecem mais gostosos (mas não os com chocolate).

img_8170

Admito que as pessoas de Paris me pareceram peculiares. Todas muito arrumadas e estilosas. Porém, se você olhá-las com atenção, verá que parecerem não tomar banhos há dias. E se chegar mais perto… aí você terá certeza. Eu não culpo os parisienses. Assim como os hotéis, os restaurantes e o transporte, sei que os preços do aluguel e das contas de luz/água em Paris não são baixos. Na verdade, tudo é caro por lá. Mas há muitas opções para passeios 0800 (ou quase)! Por exemplo:

1. Tomar um vinho e comer uns queijos durante o pôr do sol no Rio Sena.

img_8295

img_8313

Mas lembre-se de comprar o vinho e o queijo antes das 20h, pois os supermercados fecham cedo. No verão, o pôr do sol é bem tarde (quase 22h). Como vocês podem ver na foto, eu esqueci de passar no mercado.

2. Ver as luzes do Louvre durante a noite.

img_8330

3. Um piquenique em frente à Tour Eiffel.

img_8283-2

Depois de passar por todos os vendedores ambulantes (que vendem desde espumante até chaveirinhos) e desviar de todas as bitucas de cigarro, é possível sentar e observar a Torre. Eu fiquei um bom tempo assim. Só olhando. Ela é linda. Magnífica. ENORME. Cheia de detalhes. Impossível não sentir vontade de dançar Bonjour, Paris!

4. Olhar as lojas super caras da Champs-Élysées (se você não comprar nada, é de graça!)

Algumas lojas são tão lindas, que só olhá-las de fora já é um ótimo passeio!

5. Visitar a Sacré Cœur

img_8404

img_8408

img_8409

A vista lá de cima é incrível!

Mas, por favor, turistas, respeitem a área onde é proibido fotografar! As velhinhas que estão lá para rezar não perdoam, dão bronca em todos os turistas mal-educados. E é uma bronca em francês! 

Entrei no Louvre sem pagar!

Essa última dica só é válida para estudantes da União Europeia (o que eu era quando fui): o Louvre é free! Basta mostrar o seu visto de estudante. As obras de lá são lindas, mas o lugar é realmente enorme. Não tente ver tudo, você ficará exausto. Procure um mapinha e vá direto para as obras/temas que tiver interesse. Eu fiquei lá umas 3h e não vi 1/3 das coisas, apesar de ter ficado exausta.

 

“O corpo negro, de Géricault a Matisse”

Quando passei pelo Museu d’Orsay, onde estudantes também não pagam, estava acontecendo uma exposição com foco em modelos negros e como eram retratados pelos artistas de diversas épocas. Foi algo com que me deparei por acaso, mas acabou sendo muito mais interessante do que diversas obras que estavam por todo museu. Acredito que parte disso deve ser resultado da preocupação que tiveram em explicar todas as obras, contexto histórico, sua relevância, significados, histórias de vida dos modelos retratados, a relação que tinham com o artista, e nisso também incluiram vídeos, fotografias, etc. 

Caí de paraquedas em uma exposição maravilhosa. Mas podia ter me programado melhor para isso 😅 Fica anotado para uma próxima vez: pesquisar o que está acontecendo nos museus. Não tirei fotos da exposição. Algumas coisas ficam melhores quando guardadas na memória. Porém, se você quiser ver o que tinha por lá, just google it. 

Para quem não pode ir agora: 100 dias em Paris

Antes de chegar na França, li o livro 100 dias em Paris, da Tania Carvalho, e me apaixonei ainda mais pela cidade. Se você não pode simplesmente comprar uma passagem agora, leia-o e tenha um gostinho do que é a cidade, que vai muito além das atrações turísticas. Eu só tive 3 dias lá, então vesti minha camisa oficial de turista e caminhei por todas as ruas com a câmera no pescoço. Olhava pela janela do ônibus com aquela cara boba de encantamento. Tudo era tão incrível e emocionante! Também parava a cada 2 min para olhar algo (ou me certificar de que estava no caminho certo), o que sei que é muito chato (para quem não é turista também).

Um obrigada muito muito muito especial à Ana Paula, Patrícia e Mônica, que me acolheram e me acompanharam nessas dias incríveis 💕

Madrid e seus prédios brancos

Madrid é a cidade que, se eu tivesse dinheiro, voltaria sem pensar duas vezes. Há uma magia em passear pela Gran Vía, com todas aquelas lojas modernas dentro de prédios antigos, brancos, lindos, enormes! É como passear por um filme antigo.

 

As praças eram repletas de pessoas fantasiadas (pedindo dinheiro depois das fotos, é claro), o que acabava com a minha ilusão de 1800. Porém, a cada esquina havia um músico tocando algo diferente, como se as ruas tivessem sua própria trilha sonora. O Parque de El Retiro era tão grande que cansei só de andar por ele (sem contar a pernada para chegar até lá), e estava repleto de crianças, famílias, turistas remando em barquinhos, rindo e sorrindo em um dia perfeitamente ensolarado (mas ainda assim, friozinho). 

 

Madrid ganhou meu coração no primeiro momento em que pisei fora da estação de metrô Callao, e apreciei a vista tomando um café no Starbucks. No dia seguinte, voltei lá para ver o sol se pôr entre os edifícios. Que cidade. 

Passei apenas pelo Museu Naval, onde havia uma exposição sobre a conexão entre a Espanha e alguns países asiáticos, com fotos, modelos de navios e pequenos tesouros (ou seriam roubos? Who knows?) daquela região. Mas essa viagem não era para conhecer museus. Era para conhecer a cidade, aproveitar a energia acumulada, caminhar por todos os cantos, comer em restaurantes típicos, (o que só aconteceu uma vez, pois não dá pra pagar 15 euros em todas as refeições) e ver também as ruas que não faziam parte do roteiro turístico. 

IMG_6556

A cidade me pegou de surpresa. Depois de tanto ouvir que gostaria mais de Barcelona, pois “é mais a minha cara”, acabei pesquisando menos sobre esse destino, planejando menos e acredito que justamente por isso gostei tanto. Voltei para Porto sonhando com Madrid e seus lindos prédios, palácios, praças e jardins.

IMG_6551IMG_6547IMG_6530IMG_6604

Sunna em seus primeiros 7 meses

Já viram a Yris por aqui, certo? Em setembro fizemos um ensaio fotográfico para registrar seus 7 meses de gravidez. Era um dia de muito sol, em meio ao inverno. Em novembro, Sunna veio ao mundo para iluminar os dias de seus pais, familiares e amigos. Acredito que as fotos registraram bem a harmonia e alegria do casal!

P.S: Sunna é o nome de uma deusa nórdica considerada a personificação divina da luz solar.

Espetáculo Frozen

Dia 29 de novembro o Espaço Movidança apresentou o espetáculo de dança Frozen no Teatro Pedro Ivo. Além de participar de 5 coreografias, conhecer melhor os outros bailarinos da escola, também fiz fotos dos personagens principais!

IMG_1412-Edit

Ana Garvik como Elsa

IMG_1393-EditIMG_1376-2

IMG_1224

Amanda Almeida como Anna

IMG_1173-Edit

IMG_1313

E também Notli Airan como Olaf e Amanda Braz como Sven

IMG_1298

 

Enfim, 365 dias com ele

Não, não vim falar do meu namorado. Novamente, quero mostrar os rostinho do meu irmão nesse site. Dessa vez, todo sujo de bolo! E só posso dizer que nunca vi ele tão feliz em um ensaio! 1 Aninho de muita fofura, amor e risadinhas.

IMG_0256IMG_0257

IMG_0303

Esse dedo levantado significa 1 ano!! Mas logo depois foi direto pro nariz

IMG_0316

Dá pra resistir a essas bochechas naturalmente iluminadas?

IMG_0334

IMG_0365

Começamos a comilança com um moranguinho

IMG_0432

A primeira mordida é a melhor

IMG_0440IMG_0458IMG_0412IMG_0480

IMG_0505

O bolo estava bom? “Bommmm”

 

Quase Um Ano

Meu irmão Bruno está quase com um ano… Não dá pra acreditar. Passou tão rápido! Nos últimos meses venho tirando fotos deles, simplesmente para registrar esse processo de crescimento. O tempo voa quando se é criança! Um mês atrás ele começou a engatinhar…semana passada caminhava se apoiando em duas mãos para conseguir manter o equilíbrio, agora só precisa de um dedinho. E daqui a pouco já vai estar andando sozinho! É lindo vê-lo crescer. (eu sou uma irmã muito babona, sim).

IMG_9130

Bruninho com 10 meses (ontem)

IMG_9136IMG_9144IMG_9242

IMG_8403

Bruno com 7 meses

img_6097.jpg

Bruno, 5 meses, comendo picolé pela primeira vez

IMG_3962

Bruno, 4 meses

IMG_2629

Bruno, 2 meses

_MG_9776

Bruno, 1 mês

_MG_0522

Bruninho com 7 dias. Comparem o tamanho do polvo…

Café preto sem açúcar (e sem lactose)

Agradecimentos: à @loja.amie por apoiar nossa ideia e ao Café Cultura por nos permitir fazer as fotos nesse novo café lindo.

Modelo: Yris Padilla

Não é a primeira vez que trabalho com a Yris e o resultado fica maravilhoso! Clique aquie aqui para ver os outros ensaios.

IMG_9238.jpgIMG_9245.jpgIMG_9255.jpgIMG_9266.jpgIMG_9288.jpgIMG_9291.jpgIMG_9322.jpgIMG_9331.jpgIMG_9347.jpgIMG_9354.jpgIMG_9358.jpgIMG_9373.jpgIMG_9408.jpgIMG_9410.jpgIMG_9425.jpgIMG_9448.jpgIMG_9459.jpg